Tempo da Canção

Basicamente, os xamãs ancestrais dividiam o ano em quatro partes, e essas divisões foram estabelecidas a partir da natureza e ligadas também aos Solstícios e Equinócios, as datas portanto seguem critérios naturais, mitológicos e astrológicos com características lunares e solares.
O Calendário Sagrado do Xamanismo Ancestral, é um dos poucos que manteve-se até hoje sem grandes modificações.
As quatro divisões principais do calendário xamânico se subdividem em outras, sendo que essas subdivisões não correspondem exatamente aos meses do nosso calendário moderno.
Celebrava-se no calendário ancestral, não somente eventos naturais e mitológicos, mas também eventos internos, importantes para o grupo, assim como diversos atributos relacionados aos ventos, plantas, pedras, totens, animais e outras diversas possibilidades.
Phalguna– significa Tempo Da Canção e estende-se de 20 de Fevereiro à 21 de Março.
Nesse período, devemos nos harmonizar com as energias naturais.
É quando realizamos diversos rituais aos quatro elementos e ao Deus Sol.
Deve-se também cantar e agradecer ao Pai-Céu e a Mãe-Terra pelo dom da vida.
Nas tradições xamânicas, nenhum ritual deve predominar sobre o outro, existindo sempre o cuidado de manter a harmonia entre os ciclos, prevalecendo assim o equilíbrio.

Deixe uma resposta

This blog is kept spam free by WP-SpamFree.