Felicidade, como se Reconectar?

A cada dia as pessoas se distanciam mais dessa tal felicidade.

Percebi em meus atendimentos que as atitudes mecânicas no dia-a-dia absorvem completamente as energias vitais dos indivíduos e os deixam sedados, a tal ponto de não terem tempo de realizar afazeres prazerosos. Resultando numa caminhada cega, sacrificante que distrai a mente e engana o coração, resultando na percepção de menos tempo disponível e nada de qualidade de vida.

Rotina ingrata! Quem ousa nesses tempos difíceis se perguntar: Eu sou feliz?

Vejo o brilho dos olhos ficando opaco, o desejo pela vida se perdendo e a coragem se distanciado. Aquela essência bonita que brilhava no peito vai sumindo junto com o sentido da vida.

Não canso de escutar dos meus pacientes: Onde foi que errei? E nessa hora respondo que eles deixaram de se olhar, de alimentar suas almas.

Foi por esse motivo que resolvi escrever esse texto simples, com o objetivo de trazer algumas ideias simples. Convido a vocês a se perguntarem: Sou feliz? O que gosto de fazer? E pasmem! Muitos não saberão responder.

Porém, antes que bata aquela amargura, peguem papel e caneta e se coloque a disposição de você mesmo. Vamos para um passo-a-passo.

1- Visite velhos amigos
Eles sempre terão boas lembranças de você. Vai ajudar a recordar tempos felizes e o principal, relembrar sua essência.

2- Faça uma lista do que gosta de fazer
Não vai ser fácil, mas é um passo de despertar.

3- Faça uma viagem
Não importa a distancia e nem o glamour. Realize coisas que estejam a seu alcance. Procure um roteiro simples, uma cidade próxima. O objetivo é sentir uma nova energia, movimento e a quebra da rotina.

4- Faça uma lista de coisas que gostaria de fazer
Aqui você terá o prazer de pensar em novas coisas. Seja objetivo, afinal temos que partir de um ponto. Escolha uma dessas coisas, se planeje e realize.

5- Faça uma lista de coisas felizes do dia-a-dia
Nesse item vamos entender que tomar chocolate quente no frio, dormir com cobertor cheiroso, comer pipoca assistindo filme em casa, ligar para uma amigo alto astral, ler um livro, comer algo que esteja com vontade. Enfim, coisas que sempre fazemos , mas não valorizamos. Então, o plano é prestar atenção nas sensações que são muito gostosas.
6- Se olhe no espelho
Você deve começar a se encarar, se elogiar, se incentivar. É um momento de se reconectar com você mesmo.

7- Diminua as reclamações
Acorde e, logo pela manhã se comprometa a não reclamar aquele dia. Reclamações geram energias negativas que só irão atrapalhar.

8- Se comunique
Falar o que precisa ser dito, se expressar de maneira clara e objetiva, evitam embaraços, mal entendidos e discussões. Se expresse e deixe clara suas ideias sempre que forem solicitadas.

9- Aprenda a dizer Não
Entenda que às vezes o sim para o outro é o não para você! Reveja suas necessidades, seu tempo e pare de ser “bonzinho” para os outros e “ruizinho” para você.

10- Você precisa aprender a pedir ajuda
Ninguém precisa se isolar do mundo e ser forte o tempo inteiro. Quanto mais rápido você perceber isso, melhor será a solução. Se cuidar faz parte do amor próprio. Se ame!

Bem, acredito que se fizerem um terço do que foi proposto, que não é tão fácil assim, terão algumas respostas. Afinal, a felicidade vem de coisas simples. Espero que tenha ajudado. Também não posso esquecer de lembrar, a conexão com o sagrado é balsamo para alma, não importa sua religião ou filosofia.

Um beijo no coração! Até o próximo texto.

Raquel Rocha

Terapeuta Residente da Casa de Miguel

Para marcar um atendimento Presencial ou Online com a Raquel, entre em contato agora conosco pelo 11 3721-2479.

Especialidades: Reiki, Apometria, Intuição, Mandalas da Magia Divina, Baralho Cigano, Aconselhamento e Pêndulo.

Horários: Terças às 20h e 21h | Quartas às 20h e 21h

Um comentário em “Felicidade, como se Reconectar?

Deixe uma resposta

This blog is kept spam free by WP-SpamFree.